sábado, 18 de julho de 2015

Sonho Grande

Acabei de ler "Sonho Grande", biografia não autorizada que conta a trajetória do Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira, três dos homens mais ricos do país.

Recomendo esse livro a todos que são empresários ou pretendem ser.



Ao contrário do Eike Batista, que tinha um certo fetiche por aparecer na imprensa, esses três mantêm um perfil mais low profile e dificilmente compartilhariam por conta própria a história completa que está neste livro. 

Daí a importância do livro: alguém se deu ao trabalho de coletar centenas de depoimentos, reportagens e documentos para tornar público os acertos e os erros dos três, e como os valores, a cultura e o estilo de gestão por eles implantados lhes transformaram em bilionários e em empresários mundialmente conhecidos.

Confesso que há muito tempo via esse livro nas prateleiras das livrarias e ignorava.

Eu sempre pensava "não vou gastar dinheiro para ler propaganda institucional da Ambev" ou "eles atuam num nível tão alto que não aprenderei nada lendo o livro".

Bom, eu estava enganado. O livro vai muito além da Ambev e mostra como 40 anos de meritocracia, frugalidade, saber manter próximo profissionais competentes, altas apostas, persistência mesmo diante de grandes falhas e a total ausência de sentimento de "ok, já conquistei o suficiente" criou um dos maiores grupos econômicos do mundo. 

Meu objetivo como empresário sempre foi ficar milionário e alcançar o mais rápido possível a bendita IF. Eu não quero jatinho, eu não caro iate, eu não quero ostentação: só quero a independência financeira com uma renda passiva segura para levar uma vida modesta e livre.

"Dez mil por mês tá bom" ou qualquer pensamento do gênero nunca passou pela minha cabeça ao escolher ser empresário. Sei que cada um sabe o que é melhor para si próprio, mas ainda assim preciso compartilhar esse sentimento: se seu objetivo como empresário é passar a vida faturando R$ 5k, R$ 10k por mês, não vale a pena, melhor ir pro concurso público.

Minha empresa ainda está engatinhando e acredito muito no potencial dela. Em breve farei um post estilo "sonho grande" contando minha curta história empresarial, mas por enquanto só queria deixar essa dica de leitura mesmo.

Abraço!

13 comentários:

  1. Como meu sonho é ser empresário, vou por na lista.
    Não quero x de dinheiro, quero realizar coisas que só como dono da minha vida vou conseguir.
    Obrigado, um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bota na lista mesmo, o livro é bastante inspirador, tô até olhando pra minha empresa com mais carinho depois que li.

      Abraço.

      Excluir
  2. Sou fascinado pelo assunto: Meritocracia. Ao contrário do que pensam alguns tontos, empreendedor no Brasil rala muito! Além de ralar, ainda tem que aguentar alguns otários xingando-os de mesquinhos, capitalistas, etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Administrando e CF, esse livro ("Sonho Grande") é um tributo à meritocracia.

      Uma das razões da ascensão dos três na capa do livro em relação à concorrência foi justamente esse: o sistema de meritocracia por eles implantado atropelou a concorrência como a Antártica, Interbrew e Budweiser, empresas controladas por famílias cujos membros se achavam no direito de viver como príncipes às custas da empresa (carro importado, jatinho, voo executivo, 2 meses de férias por ano e centenas de outras mordomias).

      Excluir
  3. No caso do meu livro seria sonho pouco KKK
    Mas concordo que para virar empresário te que se ganhar muito acima do mercado financeiro ações, FII e TD.
    Caso contrario não faz sentido algum correr um risco alto para ganhar menos que estes investimentos citados anteriormente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, meu caro mestre, definitivamente não faz sentido ser empresário pra ganhar pouco.

      É risco de TUDO, literalmente tudo, pois o país é hostil ao empreendedorismo.

      Excluir
  4. Não é a coisa ideal, mas vou procurar ele em pdf.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca consegui terminar um livro em PDF... só consigo ler livro de papel ou no kindle.

      No papel é possível encontrar esse livro por aproximadamente R$ 25.

      Excluir
  5. Aguardando o post da sua carreira (y)
    Sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em breve, Curioso! Muito boa a foto do seu perfil hehehe

      Excluir
  6. Fala Madruga

    Desculpe a pergunta boba, mas quando vc diz "se seu objetivo como empresário é passar a vida faturando R$ 5k, R$ 10k por mês, não vale a pena, melhor ir pro concurso público."

    Quer dizer que por conta dos riscos, só vale a pena ser empresário se os ganhos forem maiores (ou bem maiores) que 10k por mês?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Arthur, tudo bem?

      Acredito que sim: se for para ter uma renda estagnada entre R$ 5-10k, melhor ser funça do que ser empresário.

      Como empresário sua renda pode diminuir pelos mais variados motivos, sua carga de trabalho pode aumentar do nada, pode ser que você não tire férias, pode ser que você passe semanas trabalhando 10-12 horas por dia, pode ser que sua empresa venha a falir, enfim, são muitos os altos e baixos.

      Como concurso sua renda é garantida até o fim dos tempos, as férias são garantidas, a sua carga de trabalho é fixa, e você não precisa fazer nada além de ser um funcionário público medíocre para receber sempre o mesmo salário.

      Abraço!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...