segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Desventuras do Madruga com locadores gananciosos

O Seu Madruga, personagem de Chaves que inspirou o nome deste blog, vivia devendo 14 meses de aluguel e se envolvia em todo tipo de treta na vizinhança.

Pague o aluguel
Ao contrário dele, o Seu Madruga que escreve este blog cumpre à risca todas as obrigações previstas no contrato de locação e evita a todo custo criar confusão com moradores e empregados do prédio.

Detesto desonrar compromissos, nunca atrasei pagamento de aluguel/taxa condominial, e acho que a vida é muito curta para me envolver em picuínhas com o povo nervoso que habita a maioria dos prédios do nosso Brasil varonil.

Posso ter muitos defeitos, mas uma coisa garanto para vocês: eu sou o inquilino dos sonhos de qualquer proprietário de imóvel.

Com o Madruga blogueiro, contrato assinado é contrato cumprido!
Apesar de ter esse perfil, tenho tido o azar de fechar contratos de locação com proprietários que se revelam verdadeiros retardados mentais com o tempo.

É sobre esses retardados que eu vou escrever no post de hoje. 

São três histórias diferentes: a do Marcos, a da imobiliária e a da Vilma. 

Não se preocupem, contarei tudo da forma mais resumida possível para não prolongar demais o post.

MARCOS, O ESPERTO:

Durante cinco anos aluguei o apartamento do Marcos e mantive essa postura que já contei pra vocês: pagava tudo religiosamente em dia e não criava qualquer tipo de confusão.

Eis que, depois de meia década morando lá, Marcos me manda um e-mail dizendo:


Fui pego de surpresa. Em 30 dias teria que achar um novo lugar pra morar, assinar contrato, fazer a mudança, pintar o apartamento do Marcos e entregar as chaves.

Felizmente consegui alugar um apartamento no mesmo prédio, o que facilitou bastante as coisas, e com 15 dias consegui resolver tudo e entregar a chave ao Marcos.

E vejam só que curioso, poucos dias depois de eu devolver as chaves para o Marcos, o apartamento em que eu morei por cinco anos ostentava uma bela placa de "aluga-se" na janela. 

Minha reação ao ver a placa de "aluga-se"
Entrei no site da imobiliária e vi que Marcos colocou o apartamento para alugar por R$ 1.000/mês.

A história do "irmão que voltou pro Brasil" pelo visto era balela. Ele queria alugar o apartamento por R$ 200 a mais do que eu estava pagando, e achou menos constrangedor me botar pra fora e tentar alugar pra outro do que me propor um reajuste de 25%.

O mais legal de tudo é que, passados 1 ano e 11 meses desde que devolvi a chave do apartamento pro Marcos, ele não conseguiu alugar o imóvel novamente até hoje! 

Sei bem disso pois sigo morando no mesmo prédio e a placa de "aluga-se" continua pendurada lá, o anúncio continua no site da imobiliária, os porteiros me dizem que ninguém morou lá desde que eu desocupei, enfim, uma série de provas de que me botar pra fora do apartamento foi uma decisão extremamente horrorosa. 

Vamos calcular o prejuízo do Marcos desde que ele me botou pra fora?

Deixou de receber R$ 18.400,00 de receita de aluguel.
Teve que pagar aproximadamente R$ 9.000,00 de taxa condominial.
Teve que pagar R$ 528 de IPTU.

Parabéns, Marcos! Você é um gênio do ramo imobiliário.

Passemos para outra história.

A IMOBILIÁRIA:

O espaço físico da minha empresa era composto por 3 salas comerciais alugadas, uma ao lado da outra.

Tava tudo muito bem até que, em meados de 2015, em plena crise econômica, a imobiliária que nos alugava uma das salas quis reajustar o aluguel de R$ 800 para R$ 1.020,00. 

Minha reação. De onde essas pessoas estão tirando esses reajustes estúpidos? Será que elas nunca ouviram falar em IGPM?
Como era uma sala de canto que não comprometia o resto do espaço físico da empresa, optamos por desocupar e devolver a sala em questão (comentei sobre esse acontecimento nesse post), ficando com as duas salas restantes.

O mesmo azar que atingiu o Marcos também atingiu a imobiliária: estamos em outubro/2016 e a sala que desocupamos em junho/2015 não foi alugada até hoje.

Vamos ao prejuízo que o proprietário da sala teve que engolir: 

Deixou de receber R$ 12.800,00 de receita de aluguel.
Teve que pagar R$ 3.200,00 de taxa condominial.
Teve que pagar IPTU, não faço ideia quanto.

VILMA, A PRÓXIMA VÍTIMA:

Como disse pra vocês, desocupei o apartamento do Marcos e aluguei outro no mesmo prédio.

Venho morando no apartamento da Vilma há 1 ano e 11 meses e, agora que estamos chegando no 2º ano de locação, ela resolveu crescer o olho e tirar uma grana a mais do meu bolso.

Como eu já disse no post passado, a porra da Vilma simplesmente quer renovar o contrato por mais um ano aumentando o aluguel de R$ 900 para R$ 1.150,00!

É um aumento de mais de 25%. Obviamente não vou tolerar isso e já estou providenciando uma nova moradia.

O que Vilma não sabe é que minha macumba é forte, e a experiência vem mostrando que quem me bota pra fora nunca mais consegue alugar imóvel.

Se prepara, Vilma, meses de vacância virão

CONCLUSÃO:

Meus amigos, estamos no país do jeitinho e das maracutaias. Se você tem um imóvel e o aluga para uma pessoa séria, você tem uma sorte imensa. 

Trate com muito respeito esse inquilino, pois encontrar alguém com esse perfil não é a coisa mais fácil do mundo. 

É importante lembrar que não é só porque você é proprietário do imóvel que você está em condição de superioridade em relação ao seu inquilino.

Não proponha reajustes acima do IGPM, nem fique achando que seu inquilino precisa morar no seu apartamento a qualquer custo. Se ele mora no seu apartamento e paga tudo em dia, pode ter certeza que ele tem grana pra morar em outro lugar, ainda mais em tempos de crise em que a vacância está enorme.

Aquele abraço!

79 comentários:

  1. Por isso eu não invisto em imóveis, é muita dor de cabeça. Esse Marcos devia levar o Oscar do homem mais burro do ano!!! kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele merece mesmo, Anon. Cresceu o olho e se ferrou com força.

      Excluir
    2. Olá seu Madruga, gostaria de participar do Ranking dos Pobres iniciantes?
      http://pobrelutador.blogspot.com.br/2016/10/ranking-do-pobre-iniciante.html#comment-form

      Excluir
  2. PQP!!!! Em plena crise e o olho gordo crescendo!!! Acho é pouco se fuderem assim...Seu madruga...no seu caso voce mora em kitnet ou apê com mais espaço? Aqui onde moro, tem kitnets que variam de 600 reais a 1300. A próxima a se fuder será essa Vilma.. Esse Marcos te procurou depois tentando justificar ou ficou caladinho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, Victor! O apartamento é uma cozinha, área de serviço, quarto, sala e banheiro, com uma área útil de 55m2.

      É um apartamento de 1 quarto só, mas bem grandinho comparado com outros apartamentos desse tipo.

      O Marcos nunca mais me procurou e eu também não procurei ele. Se ele me procurasse, eu não ia perder a oportunidade de dar uma caçoada de leve na situação em que ele se encontra.

      Excluir
  3. "Parabéns, Marcos! Você é um gênio do ramo imobiliário."

    "a porra da Vilma simplesmente quer renovar o contrato por mais um ano aumentando o aluguel de R$ 900 para R$ 1.150,00!"


    hahaha mto bom!


    Acho que eh por essas e outras que uma pessoa resolve comprar o proprio ap pra morar. Acredito que chega uma hora que cansa, e o emocional fala mais alto que o racional.

    Moro de aluguel atualmente e tb nunca atrasei nada. Vamos ver o reajuste que eles irão propor no final do ano.

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, você pensa igual a mim: Eu também não acho ruim estar ‘imobilizado’ num imóvel justamente por não ter que passar por isto.

      Me sinto mais seguro no meu próprio imóvel, as regras são minhas.

      Excluir
    2. M1M, o final do ano é logo ali, já vai pesquisando apartamentos vagos nas redondezas, pra contra-argumentar caso seu locador proponha algum reajuste bizarro!

      Excluir
    3. Seu Madruga, VDC e M1M concordo plenamente!
      Moro de aluguel e o dono é maluco! Pago religiosamente os alugueis com antecipação (mesmo esquema do Madruga, contrato assinado é contrato cumprido). Porém, o modafoca vem com aumentos assim aleatórios e pior sem transparência. (aceitei apenas um aumento que juguei correto)
      Era extremamente fã sobre morar de aluguel, mas infelizmente imobiliárias e proprietários não tem noção do que fazem, assim restando a opção de encarar a compra de um imóvel a prestações a perder de vista.. sad but true (alguém curte Metallica rs)

      Excluir
  4. Fala Madruga!

    Tb sou um inquilino dos sonhos, já cheguei a pagar 1 ano de aluguel adiantado (com 30% de desconto, claro), jamais criei encrenca, destrui coisas, etc. Por sorte meus inquilinos tb são ótimos (será a lei da atração?), por isso mesmo deixei de aumentar o aluguel de um deles por ter consciência que é muito melhor ganhar menos e ter os pagamentos rigorosamente em dias que arriscar e ficar com o apê vazio pagando custos mensais.

    Tem gente que faz cada estupidez e depois fica reclamando que não tem sorte...

    Abraço!

    Corey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Corey! Pois é, infelizmente a lei da atração não tá funcionando bem comigo.

      Cumpro com todas as minhas obrigações e tudo que eu gostaria em troca é ser tratado com o mínimo de respeito na hora de renovar o contrato.

      Abraço!

      Excluir
  5. Vibrei lendo o post, massa ver esse povo "esperto" se dando mal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não acho produtivo ficar guardando rancor contra quem quer que seja, mas nesse caso em específico eu não consigo deixar de sentir uma certa satisfação toda vez que me lembro que o apartamento e a sala que eu desocupei estão vazios até hoje, rs.

      Abraço Anon!

      Excluir
  6. Esses locatários de olho gordo só tem a perder com isso. Quem bom que você conseguiu se realocar logo madruga sem demais dores de cabeça.

    E sobre a saída do prédio comercial, em que rumo está esta história?

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, Mestre!

      Então, a empresa ocupava 3 salas, agora só ocupamos duas. Ficou mais apertado, mas tá dando pra levar numa boa!

      As áreas que os clientes circulam (recepção e sala de reunião) continuaram intactas, o que "diminuiu" foi o ambiente de trabalho interno mesmo. Pra mim isso tá ótimo, e estamos gastando menos com aluguel e condomínio desde então.

      Abraço!

      Excluir
  7. Mentira tem perna curta, e mais, na vida, não adianta querer levar vantagem, mais cedo ou mais tarde a vida lhe cobra de volta.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí meu amigo. Com uma mentirinha estúpida o cara avacalhou com a boa relação que mantivemos por cinco anos.

      Abraço!

      Excluir
  8. Olá, Seu Madruga.

    Infelizmente há muitos proprietários de imóvel para locação extremamente gananciosos. Assim como há inquilinos muito espertos, querem morar de graça.

    Não é o seu caso, você me parece ser um excelente inquilino, segue o que foi acordado em contrato. Quem me dera se todos os inquilinos fossem assim, valem ouro.

    Há uma turma que não faz as contas e não leva em consideração o histórico do inquilino, acabam tendo prejuízos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. G65, tudo bem? Concordo contigo, gente ruim existe em ambos os lados da relação contratual.

      Você tocou num ponto interessante, pois me parece que a Vilma não fez as contas.

      Ela quer aumentar o aluguel em R$ 250,00, o que totaliza R$ 3.000,00 a mais por ano.

      Isso significa que basta ela passar 3 meses sem conseguir alugar - algo muito plausível de acontecer considerando o valor que ela está pedindo - para ela literalmente ter me tirado do apartamento a toa.

      Então se ela não alugar o apartamento nos próximos 3 meses, ela desperdiçou a oportunidade de manter um inquilino que sempre foi extremamente pontual.

      Vamos ver o que acontece... são cenas para os próximos capítulos.

      Excluir
    2. Seu Madruga,

      Essa é a conta que faço também, mas acho que nenhum proprietário faz.

      Se fizessem, não fariam tantas besteiras.

      Abçs!

      Excluir
  9. Seu Madruga, não sou de causar intriga, mas nesses casos....
    hehehe... Busque seus direitos junto à Marcos. A lei do inquilinato protege ambos os lados. O que ele fez é proibido por lei, você tem como provar. Dá pra pagar uns meses de aluguel com a grana ai!
    Se for de Sampa ou Grande São Paulo, tenho amigos advogados... Obviamente eles não sabem que tenho o blog, então te passo o contato e você fala que achou no Google hhahaha...

    Outra estratégia seria tentar renegociar com Marcos, já que está parado mesmo, e diminuiria os custos com a mudança

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa ideia. Negocia com o Marcos para retomar pagando os antigos 800 reais. Mostra o quanto de dinheiro ele perdeu. Se ele ficar orgulhoso de não aceitar, só ir pra outro mesmo.

      Excluir
    2. Fala, Funcionário Público! Não sei se tem ilegalidade no que ele fez. A gente tinha um contrato com prazo indeterminado, ele pediu pra eu desocupar em 30 dias e eu saí.

      Achei vacilo da parte dele pois ele inventou uma mentirinha desnecessária, mas não sei se tem algo aí que me permita processá-lo.

      De qualquer forma, acho que ele já pagou um belo preço, tanto pelo que ele deixou de receber, quanto pelo que ele teve que pagar de taxa condominial, rs.

      Quase procurei o Marcos no ano passado pra fazer isso daí que você e o Anon sugeriram, mas acabei permanecendo no apê da Vilma mesmo, pois ela aceitou não reajustar o valor do contrato de aluguel que eu tinha firmado com ela em 11/2014.

      Pra esse ano eu realmente poderia procurar o Marcos e propor aluguel de R$ 800,00, mas achei um lugar melhor pra morar (vou fazer um post específico sobre isso).

      Abraço!

      Excluir
    3. Ah! Que ótimo que achou um lugar melhor pra morar! Realmente dá pra achar umas coisas boas pra alugar nessa época que está todo mundo com os imóveis parados...

      Tem ilegalidade na atitude dele. Os contratos presumem boa-fé (a gente contrata pq pretende cumprir), e há circunstâncias que nos impedem de cumprir exatamente o acordado. No caso de inquilinato, você realmente pode pedir pra que o imóvel seja desocupado pra seu filho morar, por exemplo. É até lógico e aceitável. Mas ele ferrou com a coisa toda pq mentiu, u seja, ele agiu de má-fé e isso gera problemas. Entendeu!?

      Claro que não vai te dar uma boa grana, por uma série de motivos, mas se acha q ele já pagou, siga a vida. hehehe

      Abc e boa sorte no novo lar

      Excluir
    4. O que o proprietário fez é crime tipificado na lei de locações, e dá direito a indenização de até 24 vezes o valor do aluguel mensal.

      Art. 44. Constitui crime de ação pública, punível com detenção de três meses a um ano, que poderá ser substituída pela prestação de serviços à comunidade:

      II - deixar o retomante, dentro de cento e oitenta dias após a entrega do imóvel, no caso do inciso III do art. 47, de usá - lo para o fim declarado ou, usando - o , não o fizer pelo prazo mínimo de um ano;

      Parágrafo único. Ocorrendo qualquer das hipóteses previstas neste artigo, poderá o prejudicado reclamar, em processo próprio, multa equivalente a um mínimo de doze e um máximo de vinte e quatro meses do valor do último aluguel atualizado ou do que esteja sendo cobrado do novo locatário, se realugado o imóvel.

      Excluir
    5. Realmente, pesquisei aqui rapidinho.

      http://cpbraga.jusbrasil.com.br/artigos/152845015/insinceridade-do-pedido-de-retomada-do-imovel-locado

      Excluir
  10. Cara, comigo ocorre o contrário. Eu sei que o cara que comprou um apto e está alugando está fodido.
    Um apto aqui no ABC paulista que custa 250 mil aluga-se por volta de 900 reais. Isso dá um retorno nojento de 0,4%. Proprietário tentou colocar um contrato de locação com correção pelo IGPM... acho totalmente absurdo, uma vez que o índice FIPE de locação está caindo vertinosamente e se vc comparar IGPM com FIPE locação o IGPM dispara. Qual a vantagem pro locatário ter um reajuste acima dos preços praticados no mercado?

    Fechamos um contrato de 1 ano, ao final do contrato negociamos essa parada, mas certamente não vou pagar o IGPM. Se for o caso eu saio e vou pra outro lugar.

    Sinto que os proprietários de imóveis compraram seus aptos no boom do mercado e hoje estão amargando rendimentos pífios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Anônimo10 de outubro de 2016 11:51

      Mas o índice oficial para reajuste do aluguel não é o IGPM?

      Excluir
    2. Anon, acho que o locador brasileiro médio que "comprou apartamento pra investir" costuma ter uma visão muito restrita das coisas.

      Ele exige atualização pelo IGPM pois ele passa a vida toda ouvindo que é isso que ele deve fazer.

      Mas ele faz isso sem ligar que o IGPM está nas alturas, ao mesmo tempo em que a vacância em prédios residenciais está enorme.

      Aí o cara exige reajuste pelo IGPM, perde o inquilino e ainda acha que fez a coisa certa! Depois de uns meses sem conseguir alugar, aí sim ele talvez comece a perceber que fez uma cagada, rs.

      Excluir
    3. Anon 11:59, esse lance de reajustar aluguel pelo IGPM é convenção social. É o que todo mundo pratica por aí, mas nada impede que se utilizem outros índices, como no caso do IPCA.

      Excluir
  11. Olá Madruga,

    Muito bom relato! Meus inquilinos de um apartamento pediram para revisar muito para baixo o aluguel, eu não aceitei (justamente pois precisaria morar nele), mas eu não esperava que eles fossem simplesmente sair. E não é que em 1 mês e meio eles saíram mesmo?

    Tenho certeza que se meu imóvel estivesse para alugar ficaria vago por muito tempo, e olha que moro numa região ‘valorizada’ para aluguel.

    Há várias placas de aluga-se que já fazem parte da paisagem, pois estão há mais de 1 ano e nada ...

    Inquilino bom tem que manter mesmo (mesmo com revisão e redução do contrato), acho que é a melhor dica do seu post!

    Mais vale um pássaro na mão do que dois voando ...

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VDC, isso que você falou sobre placas de aluga-se fazendo parte da paisagem é uma grande verdade. Até hoje não acostumei com isso, vou andando pro trabalho e vejo vários imóveis, principalmente comerciais, com placa de aluga-se.

      É o efeito da crise. Poderia ter uma empresa ocupando aquele imóvel, pagando tributos, gerando empregos, girando a economia, mas lá está o imóvel totalmente desocupado, sem função social alguma e servindo pra mendigo dormir embaixo.

      É fogo!

      Abraço!

      Excluir
  12. Madruga.
    Tenho um apt alugado, mês passado teve renovação e eu me antecipei ao inquilino e disse q renovaria por mais 6 meses sem reajuste.
    O inquilino agradeceu e disse q ja estava imaginando o reajuste pq fica pesado ficar mudando, no mesmo condominio tem varios para alugar, então preferir segurar o inquilino ja q ele n me da dor de cabeça.
    Qnd a morar de aluguel, tb sou afavor do proprio evita dor de cabeça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poupando do Zero, acho que você mandou muito bem, ainda mais porque terá a oportunidade de reajustar daqui a um semestre.

      Você conseguiu encontrar um meio termo que agrada ambas as partes. Ele conseguiu ficar sem reajuste por meio ano, ao mesmo tempo em que poderá se preparar psicologicamente para lidar com o reajuste quando esse prazo acabar.

      Você manteve o inquilino dentro de imóvel e já deixou ele ciente de que em seis meses vai ter que rolar um reajuste.

      Abraço!

      Excluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Excelente Madruga,

    Meu pai tem um ap de aluguel.
    O ultimo inquilino ficou 5 anos e sai somente quando terminou a faculdade. O 1ª inquilino ficou 4 anos sem atrasar 1 único aluguel, porém no 5 ano atrasou o ano inteiro, meu pai negociou a saída dele com alguns móveis e eletrodomésticos, para não ficar no preju. Mas é isso ai, já fui inquilino e locador, e sempre, prezei pelos bons.
    Já loquei minha antiga casa, no qual o inquilino atrasava sistematicamente o aluguel, porém quitava os atrasados e adiantava mais 2, então não me incomodava o fato de não cobrar as multas pois sabia que a casa estava sendo bem cuidada.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rica! O que será que aconteceu com esse cara que nunca atrasou por quatro anos e depois atrasou um ano inteiro? Tenso! Deve ter perdido emprego ou algo do tipo.

      Eu detestaria ficar devendo aluguel, acho que uma dívida desse tipo me tiraria noites de sono.

      Excluir
  15. Sensacional Madrugão,
    Com essa crise terrível, o típico habitante de pindorama, investidor em imóveis vem quebrando a cara.

    Esse do Marcos kkkkkkkkkkkkkkk, foi a melhor dos últimos tempos.

    Use seu poder de barganha com essa porra da Vilma, passe a real para ela, fale dos riscos e pressione psicologicamente para que ela retroceda.

    Senão, o jeito é tacar o foda-se e arrumar outra morada.

    Também estou enrolado com imóvel, tenho que entregar em Janeiro e não quero voltar para casa.

    Confesso que não acompanhava seu blog de perto, mas agora serei um leitor assíduo.

    Falow,
    Pardal Investidor

    kkkkkkkkkkkkkkkk VTNC Marcos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, Pardal. Nem tentei negociar com a Vilma pois eu já tinha uma alternativa em mente e resolvi colocá-la em prática.

      No seu caso, que só tem que entregar o apartamento em janeiro, acho que dá pra não pensar nisso durante o mês de outubro, mas a partir de novembro é bom começar a se preocupar.

      Abraço!

      Excluir
  16. Agora vem a parte mais divertida da história, que é aproveitar a burrice do Marcos e da Vilma um contra o outro.
    Você pode falar para Vilma que o apartamento do Marcos está há quase dois anos sem alugar porque ele está pedindo mil e, portanto, o preço dela está fora da realidade de mercado.
    Se ela não voltar atrás e insistir em R$ 1150,00, você pode ligar para o Marcos e perguntar se, diante da evidente dificuldade que ele teve para conseguir alugar o imóvel, ele aceita um bom inquilino pelo preço antigo (R$ 800,00 + o IGPM do período).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anon. Com certeza é uma ótima sugestão. Mas acabei optando por uma alternativa: nem Vilma, nem Marcos!

      Excluir
  17. Colega boa noite.

    Você foi muito inteligente nas 3 situações!

    E eu dei muita risada em relação a Vilma kkk..

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Dentista!

      Quando o apartamento da Vilma completar 6 meses parado eu começo a rir da cara dela também, rs.

      Excluir
  18. Madruga, vivi uma situação bastante semelhante ao primeiro relato, mas, no meu caso, ele quis se aproveitar da minha inércia para aumentar 30% do aluguel, sobre a correção do IGP-M. Não topei, claro.

    Hoje, vivo uma situação exatamente igual ao terceiro. Já me antecipei, cobrei a solução de vários problemas do imóvel para não renovar o contrato.

    Estou sondando de vez em quando a condição do primeiro imóvel, até hoje desocupado, mais para calcular o prejuízo dele, não quero alugá-lo. Nós podemos aprender também com o erro dos outros. Conversei com o zelador, que me informou que o "gênio" possui outros três imóveis no mesmo prédio, que é uma espécie de aposentadoria. Pelo menos mais um está desocupado nesse prédio, depois vou confirmar. Na época que saí, os quatro imóveis na verdade estavam sem locatário, deixei o imóvel porque consegui um preço menor do que pagava antes do reajuste.

    O mercado não perdoa, imagina o trabuco que ele vem tomando desde a crise. Deve receber uma merreca de INSS e não está ganhando nada com os aluguéis, mesmo com um patrimônio teoricamente milionário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Doutor! Chega a ser irônico: o cara adquiriu um monte de imóvel pensando na aposentadoria e agora é bem possível que esteja usando o INSS pra pagar as taxas condominiais dos apartamentos vazios.

      Muita gente sente alguma espécie de poder por ser proprietário de imóvel e esquece que inquilino tem que ser tratado igual cliente, pois do contrário perde-se o inquilino e acumulam-se prejuízos.

      Abraço!

      Excluir
  19. Ofereça 50 reais a mais pro cara ainda dizer daqui a um ano "eu devia ter aceitado".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá CF. É só uma questão de tempo até a mulher perceber que fez merda ao não tentar me manter como inquilino dela. Ela vai ficar amargando essa sensação de "eu devia ter aceitado" por um bom tempo.

      Excluir
  20. Acho que a palavra que define a coisa é: ganância. Eu nunca deixei de dar desconto para fechar um contrato.
    Melhor deixar de ganhar R$ 50 por mês do que ficar com o imóvel fechado durante vários meses tendo que arcar com taxas absurdas.
    Com essa conjuntura, IGPM nas alturas e renda em queda livre, aumento é a última coisa que devemos considerar, melhor manter um inquilino pontual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente contigo, Investidor por acaso.

      É ganância combinado com um toque de ignorância também.

      A pessoa deve estar totalmente alheia à realidade econômica e do mercado imobiliário para ser inflexível quanto ao reajuste de um contrato de locação.

      Abraço!

      Excluir
  21. SM,
    R$ 9.000,00 de condomínio no apartamento do Marcos?
    São R$ 750,00 por mês. Que absurdo.
    No meu prédio de médio padrão (não chama de alto pq não tem piscina nem área de churrasco) são 40 apartamentos onde empregamos 5 porteiros e uma faxineira.
    No último mês gastei R$ 552,55 assim discriminado:
    -Condomínio: R$ 340,00 + 10% de fundo de reserva;
    -R$ 42,33 da água;
    -R$ 38,22 de gás.

    Abraço,

    Zé Buceta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Zé Buceta.

      Em novembro/2016 farão dois anos que o apartamento do Marcos está desocupado.

      Então o cálculo a ser feito é R$ 9.000,00 dividido por 23 meses (1 ano e 11 meses).

      Isso dá R$ 391,00/mês, que é o preço médio da taxa condominial do prédio em que moro nos últimos dois anos.

      Abraço!

      Excluir
    2. Putz, prezado.

      Não prestei atenção em relação ao tempo.

      Tu tens razão.

      Abraço!

      Zé Buceta

      Excluir
  22. "Invista em imóveis", disse o corretor.

    Aí o corretor ganha a corretagem,
    A construtora fica com um lucro enorme,
    O banco recebe seus juros por uns 30 anos,
    E o otário que compra não sabe tratar seus inquilinos.

    Realmente imóvel é um ótimo negócio, vou começar a vender uns também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investir em imóvel definitivamente não é para amadores.

      E como a maioria dos nossos compatriotas não fazem a menor ideia de como lidar com dinheiro, acabam fazendo cagadas.

      Excluir
  23. Seu Madruga,

    Excelente!

    Você escreve muito bem, seus textos são muito agradáveis de serem lidos, rs.

    Sobre o assunto do seu post, sou bem radical nesse aspecto. Acredito que TODO mundo, sem exceção, precisa ter pelo menos UM imóvel próprio.

    A palavra propriedade privada tem um peso muito grande para mim. Ela é o principal tripé do Capitalismo, portanto, eu quero ser PROPRIETÁRIO e não LOCATÁRIO.

    Parodiando uma famosa marca de cartões, existem coisas que o dinheiro não compra, e paz é justamente uma delas.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Investidor Livre.

      Fico muito agradecido pelo elogio!

      E cada dia que passa concordo mais com o que você escreveu, a sensação de ter um lugar para chamar de seu, sem ficar à mercê de locadores com transtorno bipolar, deve ser impagável.

      Abraço!

      Excluir
  24. Eu conheço mais inquilino safado do que proprietário, mas olha, você faz parte da exceção. Procurar ser honesto e sempre tem um espertão querendo tirar proveito, eita ser-humanos safados !
    Eu daqui to enviando mandinga braba pra Vilma, gente desonesta, aproveitadora, gente que acha que pode se aproveitar do outro, eu quero mais é que se ferre na vida !
    Também já passei por situação de aproveitadores e vejo que normalmente se ferram logo em seguida. É incrível como o karma, cosmo ou a vida se encarrega de zicar o desonesto ! E eu como todo equino que se preste, faço que nem 7 de setembro:

    Desfilo, saio cagando e sendo aplaudido ! hehehe

    Você encontrará algo melhor com certeza !
    Amaldiçoado seja o Renato e Vilma por a ganância orientar seus passos. Não deram valor ao inquilino que tinham, então que suas almas e bolsos ardam na fogueira da inandimplência, serasa e que suas vidas sejam só atrasos!

    Oh glória !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Poney!

      Sabe qual o pior de tudo? Quando aluguei o apartamento da Vilma, em novembro/2014, ela disse que o inquilino que me antecedeu vivia atrasando aluguel e condomínio, ela ligava pra cobrá-lo e ele não atendia, ela ia no imóvel e batia na porta e ele fingia que não estava lá.

      E como ele tinha que pintar o imóvel para desocupá-lo, ele pintou com uma tinta rosa vagabunda e manteve os tetos brancos, tudo pintado da maneira mais porca possível.

      Enfim, o cara era um completo imbecil, e depois dele veio eu, que sempre paguei tudo em dia e nunca criei qualquer treta.

      Vilma pelo visto não aprendeu a lição com o inquilino que me antecedeu. Se tivesse aprendido, com certeza teria feito um esforcinho a mais para não me perder como inquilino.

      É foda!

      Excluir
  25. Kkkkkk, esse marcos é muito burro, além de mentiroso.
    Conta a história do marcos pra vilma, acho que ela se sensibiliza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Piloto. Quando ela completar uns meses com apartamento vazio ela vai se identificar bastante com ele, rs.

      Excluir
  26. Nenhuma casa q aluguei eu tive contato com o proprietário. O negócio era só com a imobiliária e eles geralmente são meio burros pra poder negociar. Ainda bem q esse ano a gente não teve reajuste no aluguel (acho q esqueceram de reajustar, ou preferiram não fazer). Eu moro em uma república, e aqui os nossos gastos com moradia são bem baratos. A casa é grande (5 quartos) e o aluguel+iptu não dá 1500 reais. Sai 300 conto por cabeça. Quase de graça, considerando q a casa é extremamente bem localizada. O q faz a gente perder poder de barganha aqui contra um aumento de aluguel, é q mesmo q eles passassem pra 2500 (70% de aumento) o valor por cabeça ainda sai bem abaixo da média da região. A casa é em Belo Horizonte.

    Keep posting, Madruga! Abraço.
    Thiago

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thiago, queria muito ter um custo de moradia baixo assim como o seu! Mas não sei se tenho mais paciência para esse negócio de morar em república. Acho que é o peso da idade falando mais alto, rs.

      Abraço!

      Excluir
  27. Esses locadores parecem ter algum retardo mental. E seu santo é forte, heim Madruga?! Rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aryadni. Sou devoto de Nossa Senhora do Aporte, rs.

      Excluir
  28. A verdade é que a maioria dos brazucas que investem em imóveis não sabem o que estão fazendo e vão na máxima "imóvel dá dinheiro". Devem ter feito o Curso Dilma de Economia haha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curso de Economia da Dilma, hahahahaha é tipo isso mesmo.

      "Compre imóveis e nade em dinheiro".

      Excluir
  29. Fala madruga, meus pais mesmo tem algumas casas, e não reajustaram por causa desse mesmo pensamento, de deixar de subir um pouco, mas continuar recebendo religiosamente o valor mensal, ao perder o inquilino e ficar sem a garantia de que vai conseguir arrumar outro! Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jovem, seus pais mandaram bem. O cenário atual favorece muito mais os inquilinos do que os locadores. Infelizmente muita gente não se dá conta disso.

      Abraço!

      Excluir
  30. Só de sacanagem mandava um e-mail pro Marcos dizendo

    Estou saindo do apartamento acima e gostaria de voltar pro seu já que seu irmão até agora não conseguiu encontrar o apartamento, porém estou disposto a pagar metade do que pagava antes, topa?

    Não custa nada uma troladinha de leve

    E pra finalizar deixava uma garrafa de vinho num prato com farofa, na quina da sala do apartamento da Vilma kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viver de Dividendos, quando o imóvel do Marcos completou um ano desocupado, cogitei mandar um e-mail pra ele parabenizando pelo aniversário de 1 ano de vacância, mas resolvi não criar treta, rs.

      Mês que vem a vacância completa dois anos, quem sabe dessa vez eu mando o parabéns...

      Excluir
  31. mais um excelente texto que reflete a ganância de alguns.
    esse pessoal só pensa no aluguel e esquece o valor de do IPTU e principalmente o condomínio.

    Abç!

    ResponderExcluir
  32. Eu também moro de aluguel e nunca atrasei o pagamento, agora se o locador aumentar o aluguel nesta crise, vou procurar outro lugar para morar kkkkk
    Sua frase diz tudo: "Se ele mora no seu apartamento e paga tudo em dia, pode ter certeza que ele tem grana pra morar em outro lugar"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Anon, ao que me parece tem muito locador achando que o locatário PRECISA morar ali ou do contrário terá que morar embaixo da ponte.

      Excluir
  33. Poxa seu madruga, complicado o que aconteceu com vc.

    O Marcos, foi burro mesmo. Ele poderia ter conversado com você e ver se você aceitaria.

    Ele deve ter ficado com medo de você não aceitar e fazer alguma coisa com imovel, mas não é lógico, porque você sempre pagou direito.

    O correto é o que está no contrato e ponto final.

    Se o dono quiser aumentar o aluguel a mais do que está no contrato, ele está errado. Se o inquilino não quiser que aumente e está no contrato, o inquilino está errado. Nesse caso, acho melhor mudar e não gerar transtorno.

    O que vc falou é a pura verdade, quem nunca atrasou, concerteza tem dinheiro para morar em outro lugar.

    ResponderExcluir
  34. E aí Seu Madruga, tenho um blog bacana sobre finanças e assuntos betas também. acompanho seus posts, dá uma força aí! Abraço!

    www.pobre-diabo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  35. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...