quinta-feira, 14 de abril de 2016

Kátia, a ingrata

Não muito raro pessoas desesperadas procuram minha empresa com problemas graves e, depois que resolvemos o pepino delas, elas fazem cu doce para nos pagar e até mesmo têm a coragem de desmerecer o trabalho desenvolvido para tentar diminuir a nossa remuneração.

Hoje vou compartilhar com vocês uma situação que está se desenrolando neste mês de abril. Se você não gosta de desonestidade, se prepare para ficar puto. 

Em 2013 uma senhora chamada Kátia (nome fictício por motivos óbvios) compareceu lá na empresa com um problema daqueles: fora autuada pela Receita em R$ 180 mil.
Receita de olho no dinheiro da mulher
Kátia disse que procurou advogados, contadores, auditores, pais de santo, enfim, todo tipo de profissional, e todos disseram que não havia nada a ser feito no caso dela a não ser pagar o valor integral da autuação.

Fechamos um contrato com Kátia em que nos comprometemos a tentar resolver o problema dela perante a Receita, e como contraprestação ela nos pagaria R$ 9 mil de entrada e 5% do valor do êxito (ou seja, se conseguíssemos livrá-la de pagar R$ 180 mil, ela teria que nos pagar mais 5% de R$ 180 mil).

Com o contrato assinado e o valor da entrada pago, demos início à prestação de serviço. 

Constatamos que a Receita só tinha razão em cobrar R$ 24 mil, orientamos a cliente a pagar esses R$ 24 mil e impugnamos os R$ 156 mil que entendemos que o fisco estava cobrando indevidamente.

Com a lerdeza típica do serviço público, somente agora em abril de 2016 saiu o resultado da impugnação: totalmente procedente, ou seja, conseguimos livrar a Kátia de pagar R$ 156 mil.


Sensação boa de dever cumprido
Telefonei para a Kátia para dar as boas notícias e, claro, cobrar os 5% sobre o êxito, ou seja, R$ 7.800,00 (5% de R$ 156 mil).

Kátia: Nossa, R$ 7.800,00? Tudo isso?! 
Madruga: Sim, o contrato que você assinou conosco prevê que você pagará 5% sobre a economia fiscal, e conseguimos com nosso trabalho te livrar de pagar R$ 156 mil.
Kátia: Tá muito caro esses R$ 7,8 mil, se eu soubesse que seria isso tudo não teria contratado. 
Madruga: Como assim "se eu soubesse"? Está no contrato, a senhora sabia.
Kátia: Olha, isso foi em 2012, eu sinceramente não lembro porque contratei vocês, eu poderia ter feito essa impugnação na Receita sozinha.
Minha cara quando a jabiraca disse isso
Mandamos o boleto para o e-mail da Kátia e estamos tentando contato telefônico, mas ela não atende mais as ligações.

Muito provavelmente essa situação vai descambar em uma cobrança judicial. 

Resumo da ópera: a desgraçada cachorra filha da puta arrombada Kátia nos procura dizendo que ninguém que ela procurou antes conseguiu uma solução pro problema dela, nós conseguimos uma solução pro problema e a livramos de pagar R$ 156 mil, e, na hora de nos pagar módicos R$ 7,8 mil pelo serviço prestado, a ingrata diz que poderia ter resolvido o problema sozinha, corta contato conosco e muito provavelmente nos obrigará a entrar com ação na justiça.

Essa é a sina do prestador de serviço: você lidará com clientes que te tratam como um semideus quando precisam de você, e na hora de acertar as contas entram na defensiva e pisam em cima do serviço que você prestou.

61 comentários:

  1. Boa sorte na justiça! Tomara que consiga tirar dela muito mais que os 7,8 mil agora ¬¬

    Isso é comum no seu negócio? Imagino que vocês já estejam experts nisso, infelizmente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Anon.

      Na justiça certamente tiraremos mais que R$ 7,8 mil.

      Isso porque sobre o valor devido passará a incidir juros e correção enquanto o processo estiver tramitando, algo em média de 1,5% ao mês.

      Além disso, ela será condenada a pagar as custas do processo (não sei estimar quanto) e honorários de sucumbência a serem arbitrados pelo juiz.

      Essa enrolação vai sair caro pra ela.

      Mas ainda assim, prefiro evitar a fadiga e torço que ela efetue logo o pagamento dos R$ 7,8 mil sem que se torne necessário o ajuizamento de ação judicial.

      Respondendo sua pergunta, infelizmente é comum sim, o homem-médio tem dificuldades em perceber o benefício da economia fiscal.

      Pegue essa Kátia por exemplo: graças a nós ela deixará de pagar R$ 156 mil ao fisco, mas ela simplesmente não vê valor no "deixar de pagar", ela apenas enxerga um serviço como positivo quando faz o patrimônio dela crescer.

      Abraço!

      Excluir
  2. É uma filha da putagem sem tamanho. Desonestidade é foda demais. Ainda reclama do valor pela prestação dos serviços sendo que voce a livrou em mais de 150 mil reais!!!! Eu sou advogado e o que mais vejo é gente reclamandodo valor da consulta, da causa , etc. Acha que estudamos, fizemos faculdade por anos atoa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Victor, se você é advogado provavelmente passa por situações semelhantes a que eu relatei.

      Aparentemente o único trabalho intelectual que as pessoas parecem dar valor e não chorar por desconto é o do médico.

      Excluir
    2. Quando é assim, manda ir embora! Dor de cabeça do c...

      Excluir
    3. Depois que ela pagar corto contato, com certeza! Abraço, Dr!

      Excluir
  3. Seu Madruga,

    Estou aqui de queixo caído, não acredito que ALGUÉM QUE SE LIVRA DE UM PAGAMENTO DE R$ 156.000,00 ainda esta fugindo da cobrança de R$ 7.800,00 e pouco!

    Ela deveria era pagar uns R$ 10.000,00 agora, sendo a diferença um bônus! Será que esta corna entende que ela ganhou um apartamento simples com o serviço de vocês?

    Você disse tudo, meu sangue ferveu aqui rapaz, que raiva, que ódio desta mulher.

    Se for possível, reverta o processo, deixe ela pagar os R$ 156.000,00 da Receita Federal (que com este orgão não se brinca), e cobre ela judicialmente pelo serviço prestado.

    Espero que resolva, vou tomar um café que fiquei revoltado mesmo amigo Madruga.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou pasmo com tamanha ingratidão, Viver de Construção.

      E o pior de tudo é que a relação entre nós era boa antes dela resolver inadimplir o contrato.

      Detalhe que ela não tem absolutamente nenhum fundamento jurídico para inadimplir o contrato, ou seja, vai levar porrada na justiça a troco de nada.

      Reverter o serviço prestado é impossível, a Receita já reconheceu que estava cobrando R$ 156 mil em excesso. Além disso, se existisse alguma forma de reverter, ficaríamos sujeitos a ser processado por ela.

      Bom, paciência.

      Abraço!

      Excluir
  4. Madruga, padrão de nossa cultura desonesta, infelizmente

    Ache uma becha para que ela lhe pague não apenas 7,8k mas também a correção do IPCA, além de danos morais.

    Gente sem vergonha merece ser bem detonada para pensar duas vezes se a sacanagem compensa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Guardião, é bom vê-lo aqui em meu humilde blog.

      Se tivermos que processar, o valor devido vai sendo atualizado em aproximadamente 1,5% ao mês enquanto o processo estiver tramitando, o que é melhor que IPCA.

      Dano moral não vai rolar, o advogado aqui da empresa já disse em outras oportunidades que há entendimento dos tribunais superiores no sentido de que o mero inadimplemento contratual não enseja indenização por dano moral.

      Mas o fato é que cedo ou tarde ela vai pagar, e se ela optar por pagar tarde, vai sair mais caro!

      Abraço!

      Excluir
  5. PQP madruga, que filha da puta.

    Gostei da sugestão do VDC sobre a possibilidade de reverter o processo e fazer ela se fuder porem acredito que isso não seja mais possivel e que tbm não seja da sua índole. Mas que dá vontade dá rs.

    Espero que você consiga resolver esta situação e que ainda saia ganhando uns troco a mais.

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei a mesma coisa que o Mestre, que filha da puta!!

      Excluir
    2. Olá Master of the Cents e Investidor Maluco, infelizmente não dá pra reverter o que foi feito, mas dá pra humilhar a mulher na justiça, e sabemos que ela tem patrimônio o suficiente para ser obrigada a pagar na base no chicote.

      Abraço aos dois!

      Excluir
    3. Cara,
      ler esses tipo de coisa sempre me da nos nervos.
      Eu já passei por isso varias vezes. O pior de tudo, é que depois de você ter salvado a vadia, ela ainda vem com essa de que "poderia ter feito sozinha".
      Faça o possivel para arrancar o maximo que puder dessa puta!

      To na torcida aqui seu madruga
      vai com tudo!

      abraçoo!

      Excluir
    4. Obrigado Burguês! Quando tiver mais novidade posto aqui no blog!

      Excluir
  6. Você tem que ter parceria com escritório de advocacia, cobra e ainda consegue ônus de sucumbência de 20%, é sempre bom colocar no contrato alguma multa também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anon, tem sócio na minha empresa que é advogado, então não teremos custos contratando um. Só teremos custos com o ajuizamento da ação mesmo, que eu imagino que vá ser algo na faixa de R$ 500, e ao final a mulher será obrigada a restituir esse valor.

      Excluir
  7. Dica: na próxima vez, cobre R$ 18.000 (ou 10%) com uma entrada mais suaves prestações. Muito mais garantido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Troll, acho que a nossa súbita aparição cobrando R$ 7,8 mil assustou um pouco a mulher, mesmo que a gente não tivesse feito nada diferente do que estava previsto no contrato que ela assinou conosco.

      De qualquer modo, quando liguei pra ela deixei bem claro que ela poderia parcelar os R$ 7,8 mil se assim desejasse, e mesmo assim ela deu os coices relatados no post, e por esse motivo mandamos o boleto cobrando o valor integral.

      Vamos ver como vai terminar essa novela, cenas dos próximos capítulos.

      Abraço!

      Excluir
  8. Brasileiro fazendo brasileirisse com vc Madruga.

    Ass: Conde de Monte Cristo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É foda, meu amigo Conde... nos três poderes do nosso país está atolado de gente como essa mulher.

      Excluir
  9. Mas vale a pena bancar o custo da ação judicial para ter R$7,8 mil ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que vale...pode demorar mas o valor será reajustado. Além disso, será bom faze-la pagar o que deve reajustado+advogado próprio+honorários advogado madruga!

      Excluir
    2. Anon das 16:19, como eu disse num comentário mais acima, um dos sócios aqui da empresa é advogado (advogado muito bom, diga-se de passagem), o que reduz substancialmente os custos de entrar na justiça.

      Mas mesmo que tivéssemos que contratar um advogado, acho que valeria a pena sim, pelos motivos que o Anon das 19:18 deu.

      Excluir
  10. Madruga, garanto que ela não chora pra comprar um carro, maquiagem, passagem aérea...Sei bem como é vida de prestador de serviços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvidas, Anon. O Facebook dela é pura ostentação. Só foto em cruzeiro internacional e passeios na Europa.

      Excluir
  11. Até agora to sem palavras. Tem gente que é ingrato pra cacete pqp....

    O pior é que nossa cultura contribui muito pra esse tipo de coisa. Hoje eu preciso de você e amanhã vc que se dane caso meu problema tenha sido resolvido.

    Força ai Madruga, pq casos como esse não dá pra acreditar.... (lá sem vai mais um bom tempo pra resolver isso na justiça).

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Albino. Pior que nem é a primeira vez que isso acontece. Abraço!

      Excluir
  12. Eu trabalho com prestação de serviços também e infelizmente me identifico muito com esse tipo de história.

    Que a Kátia morra e seja sodomizada pelo capiroto! - Exagerei um pouco, rs

    ResponderExcluir
  13. Que sacanagem... Entra na justiça sim e pega com juros e correção monetária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza vai ter ação judicial se ela não pagar, Anon. Abraço.

      Excluir
  14. Caramba madruga, depois dessa espero que ela se foda lindamente.

    ResponderExcluir
  15. O ser humano precisa de educação ou de um chicote, das duas uma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa mesmo, CF. Espero que o país onde você vai morar tenha gente mais honesta.

      Excluir
  16. Impressionante como as pessoas são ingratas e desonestas.

    ResponderExcluir
  17. Madruga, fale com seus sócios, pague uns caras e mande espancar essa mulher, para servir de exemplo para outros caloteiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá vontade de contratar uns jagunços mesmo, hahaha, mas vamos pela via pacífica mesmo, não vale a pena correr risco de ir pro xilindró por causa disso. Abraço anon!

      Excluir
  18. Suja o nome dela no scpc (para ela se foder sem cartão de credito) e fica ligando para cobrar antes hehehhe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon, vamos botar a ingrata contra a parede semana que vem, se ela não pagar vai levar processo.

      Excluir
  19. Nossa, muito foda isso! E pior que parece que está ficando cada vez mais normal, e aumentando mais com essa crise. Muita gente que era honesta está começando a virar caloteira. Ainda tem uns que falam que vão pagar assim que receber um pagamento que precisa receber. O que eu tenho a ver com esse pagamento???

    Hoje em dia tem que tomar muito cuidado com as pessoas que se faz negócio. Até dá para entrar na justiça para ser pago, mas a dor de cabeça que dá. Isso sem contar que os advogados acabam abocanhando uma grande parte desse pagamento também! Sorte sua que vc já tem um parceiro advogado que faz esse serviço.

    As vezes é até melhor "perder" um negócio do que correr o risco de passar por uma situação dessas. É muito revoltante!

    Parabéns pelo relato! um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investidor X, também detesto essa galera que tá te devendo e fica condicionando o pagamento a qualquer outra coisa que não tem nada a ver contigo.

      Uma das pessoas que deve pra minha empresa já disse uma vez algo do tipo "eu tenho uma tia-avó que tem muitos imóveis e eu sou o único herdeiro dela, se por acaso ela falecer no dia seguinte eu apareço aqui pra quitar com vocês".

      É foda!

      Abraço!

      Excluir
  20. Seu madruga investimentos, preciso dos seus serviços, meu pai está com uma dívida grande na receita, como faço para entrar em contato? Pode confiar que vou pagar direitinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehe, aqui o anonimato é a regra número 1.

      Excluir
    2. Desculpe, eu comecei a ler esses blogs de finanças agora. Não sabia disso. Não era minha intenção.

      Excluir
  21. Amigos a hora de investir em bitcoins é agora, o mestre viver de renda tem 86k em bitcoin ja esta vendo e vai ver sua grana multiplicar ainda mais, essa é a hora está em constante aumento e não vai parar pois em julho seu algoritmo vai receber uma atualização que vai dificultar mais ainda produzirem-os oq vai fazer o preço decolar.

    A hora é agora, dica quente não é forex nem essas perdas de tempo. Já estou fazendo uma grana nos trades, porém tenho 26k apenas o que com uma alta eu não fique milionario mas já da pra tirar uma graninha boa.

    Dica, quem quer investir vai lá e compra logo em algum site ou mesmo mercado livre que vai subir. Não prevejo muito risco de desvalorizar tão cedo.

    Abç

    Responder

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo.

      Em quantos blogs vc passou postando essa mesma mensagem?

      Excluir
    2. Lucrei 5,5k no trade com bitcoin hoje, comprei a 1720 e hoje se valorizou em 1811. O que me dizem? Bitcoin é futuro! Mas quero os haters vindo xingar, qual a desculpa de vocês afirmando q o bitcoin não é bom investimento? ou os donos dos blogs que excluem os comentários sobre btc? Seus Merdalhões!!

      Excluir
    3. Eu particularmente não falo sobre bitcoins pois não entendo do assunto. Sei do se trata, sei que tem muita gente internet afora dizendo que está ganhando dinheiro com isso, mas nunca fui muito além disso, então não tenho muito o que dizer.

      Mas fica a sugestão: faça um blog sobre bitcoins, certamente acompanharei.

      Excluir
  22. Seu Madruga.

    Vc ganha essa fácil na justiça, afinal já ganhou uma causa no valor de 180K.

    rsrsrs


    Foda, mas é assim mesmo que funciona a prestação de serviço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Vidinho.

      Ela disse que vai pagar até o final se abril.

      Se não pagar, a ação judicial já está engatilhada e será protocolada em 2 de maio.

      Abraço!

      Excluir
  23. Seu Madruga,

    Fiquei indignado com a atitude dessa vadia! Como ela pode ser tão cara de pau assim? É por essas e outras que precisamos, também, selecionarmos muito bem os nossos clientes...

    As pessoas tem a ilusão que a vida de empresário é uma grande moleza, porém, nós passamos por muitas dificuldades!

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande IL, é bom vê-lo por aqui.

      A atitude dela nos pegou de surpresa, esse surto que ela deu foi uma súbita mudança de personalidade vindo de alguém que antes só demonstrava gratidão.

      Realmente, são muitos os perrengues que enfrentamos, esse caso que narrei no post é só a ponta do iceberg das histórias de clientes vacilões que tenho.

      De qualquer modo, ontem a ingrata recuperou o bom senso e pagou o que nos devia.

      Abraço!

      Excluir
  24. O valor abaixo de 40 Salários mínimos deve ser cobrado num Juizado Especial (antigo Pequenas Causas). Acho que na audiência de conciliação, dentro de um fórum, ela cai cair na real e pagar voluntariamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon, felizmente isso não será necessário, ela pagou o que nos devia no dia 29.

      Excluir
  25. No seu ramo, teria a possibilidade de cobrar antes? Haha seria a melhor saída...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...